Coração

Oi lindo coração!

Pode me ouvir?

Venho dizer que as vezes é difícil sentir

E me falta o ar

Ver as coisas e ve-lo é confuso demais

Algo está ocorrendo não sei explicar!

Terapia não é o certo para me tratar

Talvez seja carência por um desejo reprimido

Que é um tanto bonito de se encantar

Meus olhos brilham quando vejo luzes ao infinito

Pode ser que ela seja uma mistura homogênea

Ou uma lição que devo passar

Não sei, se é verdade ou brincadeira

E que não passa de bobeira de uma grande ilusão

Talvez seja esse meu defeito por amar escrever

E sentir o amor em qualquer lugar

E acabar por se magoar

E é como ver uma pequena flor no deserto crescer

Porque não posso passar perto de você?

Será que há barreiras?

Que me impede de atravessa-lo ?

Já exerguei coisas em você que me faz lembrar

Do que ainda não vivi por não tentar

Você é novo e completou mais uma primavera

Não sei por que te escrevo esse poema

Talvez , porque não quero que morra em minhas lembranças

Meu peito dói e meu corpo estremece

Você deve está jogando duro

E tentando me enganar

Corro quando vejo que não da mais

O quanto é difícil ser fugitiva de uma paixão

Ela te domina e amar não passa de ilusão

Te faz perder tempo com quem   ama de montão

Eu o vejo e nem o conheço, mas confesso!

Que já está próximo do meu coração.

– Iris Carvalho

Dedicatória para um admirador segredo.

tumblr_inline_ogybvmva0N1r5axo4_540

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s